Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Brasil é vaiado no último teste antes do Mundial de futsal

Em partida na cidade de Uberlândia, seleção brasileira dá vexame e apenas fica no empate diante do Egito

Efe,

22 de setembro de 2008 | 21h28

No último amistoso preparatório antes da estréia no Mundial de futsal, o Brasil empatou com o Egito em 2 a 2 na Arena Multiuso Presidente Tancredo Neves (Sabiazinho), em Uberlândia, e saiu vaiado pela torcida mineira. A equipe do técnico PC Oliveira recebeu forte marcação, mas conseguiu abrir o placar em jogada individual do pivô Lenísio, aos sete minutos do primeiro tempo, com um chute cruzado. Porém, o Egito surpreendeu e, em contra-ataque rápido, empatou com Hussein dois minutos depois. Logo depois, em jogada ensaiada de escanteio, a bola foi ajeitada para o fixo Schumacher que bateu firme para fazer 2 a 1. A boa atuação no primeiro tempo do ala Falcão, que no intervalo de dois minutos colocou a bola debaixo das pernas dos adversários três vezes, não serviu para que o Brasil levasse uma vantagem maior para o vestiário. Na volta para o segundo tempo, sofreu o empate com gol de Abou Serie e, apesar de pressionar até o último segundo de jogo, não conseguiu sair com o resultado positivo e irritou a torcida. Essa foi a segunda partida entre as duas seleções visando à preparação para o Mundial. Na primeira, há dois dias, o Brasil venceu por 8 a 0. Com o jogo desta segunda, o Brasil encerra sua preparação na cidade, de onde partirá no próximo dia 25 rumo a Brasília, que sedia o Mundial junto com o Rio de Janeiro. A capital do país receberá todos os jogos na primeira fase do Brasil, que estréia no dia 30, às 10h30 (Brasília), contra o Japão, que é treinado pelo brasileiro Sérgio Sapo. Já o Egito estréia na competição contra a Guatemala, no dia 1.º de outubro, às 10h30 (Brasília), também na capital. O Brasil está no Grupo A ao lado de Japão, Rússia, Ilhas Salomão e Cuba, enquanto o Egito está no Grupo C, junto de Argentina, China, Ucrânia e Guatemala.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.