Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Brasil empata com EUA e conquista torneio de futebol feminino

Seleção feminina comandada pelo técnico Vadão segura empate sem gols com as norte-americanas e garantem hegemonia no torneio

Estadão Conteúdo

21 de dezembro de 2014 | 21h00

A seleção brasileira de futebol feminino suou muito, precisou suportar a intensa pressão norte-americana, mas manteve a hegemonia no Torneio Internacional, que aconteceu este ano em Brasília. Neste domingo, as comandadas de Vadão seguraram o empate por 0 a 0 diante dos Estados Unidos no Estádio Mané Garrincha e garantiram o título por terem melhor campanha.

O resultado garantiu a quinta conquista da competição pelo Brasil, em seis edições realizadas. Somente em 2010, o Canadá levantou o troféu ao bater justamente as brasileiras na decisão. Já os Estados Unidos voltarão para casa com o vice em sua primeira participação.

A seleção brasileira até começou bem e teve bons momentos no primeiro tempo. Debinha e Marta infernizavam a vida das zagueiras adversárias, mas os erros no último passe impediam a criação de grandes oportunidades. Ainda assim, Marta quase marcou por duas vezes, mas mandou para fora.

No segundo tempo, no entanto, o jogo mudou. Precisando da vitória, os Estados Unidos cresceram e foram para cima. A grandalhona Wambach incomodava no ataque em jogadas pelo alto e em duas oportunidades recebeu cruzamento da esquerda e cabeceou com perigo.

O Brasil estava encurralado, ficava na retranca e vivia na base dos chutões para frente. Somente após os 30 minutos as coisas mudaram e a seleção brasileira teve um pênalti claro não marcado sobre Andressa Alves. Mas a bola aérea norte-americana seguia incomodando e aos 43, Luciana e o travessão impediram o primeiro gol. No lance seguinte, os Estados Unidos marcaram, mas a árbitra viu impedimento corretamente e anulou a última chance da partida.

TERCEIRO LUGAR

A disputa do terceiro lugar terminou como a decisão. Com a vantagem de poder empatar e em um gramado encharcado pela chuva, a China apenas segurou a Argentina e garantiu a igualdade por 0 a 0, terminando na terceira posição do torneio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.