Brasil enfrenta o Panamá Djoko e Federer na decisão Barrichello abandona

A seleção brasileira enfrentará o Panamá, às 9h30 (de Brasília), pelas oitavas de final do Mundial da Tailândia, com uma novidade: Falcão estará no banco. O ala sofreu uma contratura na panturrilha na estreia, contra o Japão, mas surpreendeu até a comissão técnica e pode reassumir sua posição no time titular caso a seleção passe às quartas.

O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2012 | 02h07

Portugal e Espanha, considerados favoritos ao título, já estão nas quartas. Os portugueses derrotaram o Paraguai por 4 a 1 e os espanhóis aplicaram 7 a 1 nos donos da casa. A Colômbia venceu o Irã (2 a 1) e a Ucrânia bateu o Japão (6 a 3). Outros jogos de hoje: Itália x Egito, Rússia x República Checa e Sérvia x Argentina.

Os dois primeiros colocados do ranking, Novak Djokovic e Roger Federer, decidirão o ATP Finals hoje, em Londres. O suíço tentará ampliar um recorde: ele é o maior vencedor do torneio, com seis títulos.

Federer chegou à decisão ao derrotar o escocês Andy Murray por 7/6 e 6/2. Os dois haviam se encontrado nas finais de Wimbledon, que o suíço venceu, e dos Jogos Olímpicos de Londres, com o ouro para Murray.

Djokovic, por sua vez, não sairá da liderança do ranking mesmo que perca hoje. Para chegar à final, venceu o argentino Juan Martin del Potro, de virada, por 4/6, 6/3 e 6/2.

Em sua segunda prova na Stock Car, Rubens Barrichello não conseguiu terminar a etapa de Brasília, realizada ontem. O piloto, que largou em oitavo, sofreu com a quebra da suspensão do carro após as várias pancadas que recebeu na pista.

Rubinho está confirmado na etapa de encerramento do campeonato, a Corrida do Milhão, dia 9, em Interlagos. Ele terá a companhia de Tony Kanaan, que ontem terminou em 19.º, e Helio Castroneves.

Max Wilson, vencedor em Brasília, tem chances de ficar com o título - ele é o terceiro, com 138 pontos. O líder ainda é Cacá Bueno, nono colocado ontem, que soma 159.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.