Brasil entra como favorito no Mundial de Vôlei de Praia

País é o maior vencedor da história do Mundial na modalidade

AE, Agência Estado

30 de junho de 2013 | 14h44

STARE JABLONKI - A nona edição do Campeonato Mundial de Vôlei de Praia, que acontece a cada dois anos, começa nesta segunda-feira, em Stare Jablonki, na Polônia. E o Brasil, com quatro duplas na chave masculina e outras quatro na feminina, entra na disputa como favorito, principalmente com Taiana e Talita e Bruno Schmidt e Pedro Solberg, que estão na liderança do ranking.

Além de ter os atuais líderes do ranking, o vôlei de praia brasileiro é o maior vencedor da história do Mundial, com 22 medalhas conquistadas nas oito edições anteriores, sendo nove de ouro, sete de prata e seis de bronze. E o Brasil ainda faturou os títulos do campeonato anterior, em 2011, em Roma (Itália), com as vitórias de Alison/Emanuel e Juliana/Larissa.

Alison e Emanuel vão buscar o bicampeonato agora na Polônia, representando o Brasil junto com Bruno Schmidt/Pedro Solberg, Evandro/Vitor Felipe e Ricardo/Álvaro Filho. No feminino, a dupla campeã mundial não está mais junta, após a aposentadoria de Larissa. Assim, as brasileiras na disputa são Taiana/Talita, Maria Clara/Carol, Ágatha/Maria Elisa e Lili/Bárbara Seixas.

Na primeira fase do Mundial, que conta com 96 duplas divididas igualmente nas chaves feminina e masculina, Bruno Schmidt/Pedro Solberg e Evandro/Vitor Felipe caíram no mesmo Grupo E, junto com Spijkers/Van de Velde (HOL) e Herrera/Gavira (ESP). Alison e Emanuel encabeçam o Grupo B, que tem Plavins/Peda (LET), Matteo/Paolo Ingrosso (ITA) e Lech/Wojtasik (POL). E Ricardo e Álvaro Filho estão no Grupo L, junto com Doppler/Horst (AUT), Kubala/Petr Benes (RCH) e Yakovlev/Kuleshov (CAS).

No feminino, o Brasil também terá duas duplas numa mesma chave: Taiana/Talita e Maria Clara/Carol, ao lado de Dampney/Boulton (ING) e Sinnema/Stiekema (HOL) no Grupo L. Já Ágatha e Maria Elisa estão no Grupo F, junto com Ludwig/Walkenhorst (ALE), Bonnerova/Hermannova (RCH) e Goricanec/Hüberli (SUI). E Lili e Bárbara Seixas caíram no Grupo M, que tem Bekier/Oleksy (POL), Gioria/Giombini (ITA) e Elwin/Iatika (Vanuatu).

Tudo o que sabemos sobre:
vôlei de praiaCampeonato Mundial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.