Brasil entra na briga pela Copa América

Sede da Copa América feminina de basquete, que será realizada em Cuiabá (MT) em setembro, o Brasil também quer receber a versão masculina do torneio. A competição seria no México, mas a Fiba Américas anunciou, ontem, que o país não mais a organizará. Mas não pela gripe suína. A entidade que rege o basquete continental informou que cotas de patrocínio não foram preenchidas e, por falta de garantias econômicas, decidiu mudar a sede. Oficialmente, quatro países demonstraram interesse em receber a competição: Argentina, Uruguai, Porto Rico e Canadá. Mas o Brasil também entrará no páreo. Segundo o presidente da Confederação Brasileira, Carlos Nunes, o País deve encaminhar hoje sua proposta à Fiba Américas. O torneio, que dá quatro vagas para o Mundial da Turquia, em 2010, terá a data de realização mantida: de 26 de agosto a 6 de setembro.REUNIÃO DE TÉCNICOSHortência, diretora do departamento feminino da CBB, convocou os técnicos de todas as seleções brasileiras para um encontro amanhã, na sede da Federação Paulista. Entre eles, Paulo Bassul, que ainda não sabe se ficará no comando da equipe adulta.

Amanda Romanelli, O Estadao de S.Paulo

15 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.