Brasil esboça reação contra EUA, mas perde na estreia do basquete feminino

A seleção brasileira feminina de basquete perdeu em sua estreia nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Nesta quinta-feira, o time comandado pelo técnico Luiz Zanon levou 75 a 69 dos Estados Unidos. A grande destaque da partida foi a armadora Stewart, cestinha do jogo com 26 pontos.

MARCIO DOLZAN, Estadão Conteúdo

17 de julho de 2015 | 00h06

O time brasileiro ficou praticamente todo o jogo atrás do marcador, mas mesmo assim ameaçou a vitória das norte-americanas no terceiro e no último quarto da partida. Agora, o Brasil vai em busca da recuperação diante da seleção de Porto Rico, em partida marcada para as 14h30 (horário de Brasília) desta sexta-feira.

Contra os Estados Unidos, o Brasil fez um primeiro quarto pouco consistente. Apesar dos sete pontos marcados por Jaque, o time não conseguia ter a posse de bola e passou a maior parte do tempo se defendendo, o que permitiu que a armadora Jefferson pensasse bem as jogadas. De quebra, Stewart conseguia abrir espaço entre as marcadoras e tinha bom aproveitamento nos arremessos. Ela marcou 12 pontos antes da primeira parada, que fechou em 25 a 17 para as norte-americanas.

A seleção melhorou no segundo quarto, graças sobretudo à movimentação de Patty e ao bom trabalho de pivô de Kelly, que ajudou na defesa e distribuiu o jogo debaixo do aro. Mesmo assim, a diferença de oito pontos se manteve até o intervalo - 39 a 31 para as norte-americanas.

No terceiro quarto do jogo, o time brasileiro diminuiu em apenas um ponto a vantagem no placar. E isso que chegou a virar o marcador (48 a 46), mas na reta final cometeu erros básicos de marcação e permitiu que as norte-americanas retomassem a ponta. Patty, mais uma vez, sobressaiu, marcando 10 pontos para a seleção brasileira. O terceiro quarto fechou em 57 a 50 para os Estados Unidos.

A desvantagem no placar fez o time brasileiro ir pressionado para a última parte do jogo, que acabou sendo o mais franco deles. A seleção até que esboçou uma reação, mas insuficiente para impedir a derrota.

No outro jogo do grupo, a seleção de Porto Rico ganhou da República Dominicana por 76 a 54.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.