Brasil fatura mais quatro medalhas no GP de Santa Clara de natação

A equipe brasileira que está nos Estados Unidos para a disputa do GP de Santa Clara de natação fez bonito mais uma vez. Na noite deste sábado, conquistou mais quatro medalhas. Nos 50m livre, por exemplo, Bruno Fratus chegou a brigar pelo ouro, ficou próximo da vitória, mas teve que se contentar com a prata.

Estadão Conteúdo

21 de junho de 2015 | 09h42

Fratus, no entanto, não foi o único brasileiro a se destacar no penúltimo dia de competições. Depois de faturar o ouro nos 100m borboleta, Daynara de Paula levou a prata nos 50m do mesmo estilo. Assim como Henrique Martins, na versão masculina da prova. Para encerrar a noite de pódios do Brasil, o bronze de Thiago Pereira nos 200m peito.

Na principal prova da noite, quatro brasileiros disputavam medalhas nos 50m livre. Coube a Fratus realizar a tarefa. A prata veio por detalhes, uma vez que ele ficou somente cinco centésimos atrás dos 21s97 do campeão Nathan Adrian, dos Estados Unidos. O russo Vladimir Morozov completou o pódio.

A principal surpresa da noite talvez tenha sido Thiago Pereira. Depois de avançar à final somente com o sétimo tempo, o brasileiro se superou, melhorou sua marca em mais de dois segundos e conseguiu o bronze com o tempo de 2min14s11. Ficou atrás somente dos norte-americanos Cody Miller, ouro, e Josh Prenot, prata.

Dona da única medalha de ouro do Brasil até o momento, Daynara levou mais uma, desta vez a de prata, ao completar os 50m borboleta em 26s37, pouco atrás da norte-americana Farida Osman, que fez 26s08. Na mesma prova entre os homens, Henrique Martins cravou 23s57, atrás somente de mais um norte-americano, Giles Smith, que fez 23s30.

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoGP de Santa Clara

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.