Brasil festeja título de torneio de handebol no adeus do técnico Morten Soubak

Seleção feminina leva taça depois de empate com a Eslováquia

Estadão Conteúdo

03 de dezembro de 2016 | 22h30

A seleção brasileira feminina de handebol conquistou o título da segunda edição do Torneio Quatro Nações da modalidade ao empatar por 21 a 21 com a Eslováquia, neste sábado, no ginásio Mangueirinho, em Belém (PA). O time nacional acabou ficando com o título da competição por ter acumulado melhor saldo de gols que as eslovacas (61 a 41).

Antes deste confronto, o Brasil massacrou Cuba por 51 a 9 em sua estreia no torneio amistoso de final de temporada, na quinta-feira, e em seguida bateu o Uruguai, também com facilidade, por 30 a 11 na última sexta.

A Eslováquia, por sua vez, também acumulou duas vitórias e um empate em sua campanha, mas seus triunfos não foram por placares tão elásticos quanto os alcançados pelas brasileiras. Primeiro elas derrotaram as uruguaias por 29 a 15 e depois superaram as cubanas por 38 a 11.

O confronto deste sábado, por sua vez, acabou marcando a despedida do técnico Morten Soubak, que deixou o comando da seleção brasileira após oito anos de trabalho à frente da equipe nacional. Neste período, o treinador dinamarquês conseguiu transformar o Brasil em uma potência da modalidade entre as mulheres, com as quais conquistou o histórico e inédito título mundial em 2013, na Sérvia.

Para completar, Morten faturou o bicampeonato pan-americano com os ouros obtidos nos Jogos de Guadalajara-2011 e Toronto-2015. Também em 2015, porém, amargou uma surpreendente eliminação diante da Romênia nas oitavas de final do Mundial e depois caiu neste ano diante da Holanda nas quartas de final dos Jogos Olímpicos do Rio.

"Estou feliz que conseguimos empatar o jogo e ganhar o torneio. Foi uma partida muito brigada e as meninas estão de parabéns pela dedicação de buscar o placar. A (goleira) Babi fez um grande jogo e nos ajudou a conquistar o resultado, mas é claro que queríamos a vitória", afirmou Soubak ao comentar o título obtido pelo Brasil neste sábado.

Babi, por sua vez, foi eleita a melhor goleira da competição ao final do jogo com as eslovacas e festejou o título, assim como agradeceu o apoio dos torcedores que lotaram o ginásio Mangueirinho. "Foi um torneio importante como primeiro encontro após os Jogos Olímpicos e com um time renovado. Esse último jogo mostra a força do nosso adversário. Queríamos a vitória, mas o empate também nos garantiu o título. A torcida nos apoiou bastante e ficamos muito felizes com esse carinho. Só temos a agradecer", ressaltou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.