Brasil fica bem perto do Grupo Mundial

O terceiro ponto, que define a classificação para a elite do tênis, pode vir hoje na partida de duplas

NATHALIA GARCIA, ENVIADA ESPECIAL, SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, O Estado de S.Paulo

15 de setembro de 2012 | 03h05

O cenário ao final do primeiro dia de confrontos da repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis não poderia ter sido mais favorável para o Brasil: Rogério Dutra Silva e Thomaz Bellucci venceram suas partidas e deixaram o País a um passo de voltar à elite do tênis.

O ponto decisivo pode vir hoje, na partida de duplas. Marcelo Melo e Bruno Soares vão enfrentar Alex Bogomolov Jr. e Stanislav Vovk, de 21 anos.

A vantagem brasileira veio com o tenista número 1. Apesar de mais uma vez mostrar um desempenho irregular, Bellucci conseguiu superar Teymuraz Gabashvili por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6, 6/0 e 7/6 (7/4), em 3h18min, no saibro de São José do Rio Preto.

Depois de começar melhor na partida e sair na frente, o dono da casa fez um segundo set passivo e deixou o russo crescer no jogo. Na sequência, ele assumiu uma postura mais ousada e voltou a ficar em vantagem. Em um quarto set equilibrado, o brasileiro elevou o nível da disputa e fechou a partida no primeiro match point do tie-break.

"Já esperava um jogo difícil. Mas o mais importante foi manter a calma quando perdi o segundo set e depois voltei a jogar bem", avalia.

Se Bellucci teve uma certa dificuldade para vencer, Rogerinho estreou com facilidade. O brasileiro contou com a desistência de Igor Andreev, número 96 do ranking da ATP, quando estava na frente por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1, para triunfar. O russo sentiu uma lesão no ombro direito e, como as dores pioraram, preferiu deixar a disputa.

Mas a vitória fácil não diminui a alegria do brasileiro, que exalta a superação do primeiro obstáculo da equipe. "Apesar de ele (Andreev) ter desistido, o que importa para nós é a vitória. Deu para desfrutar o jogo e ainda saímos com o ponto. Não foi só o Rogério que ganhou hoje (ontem), toda a equipe tem uma parte e a torcida também."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.