Brasil fica em 22º lugar no Mundial de Ginástica Rítmica

A seleção brasileira individual conseguiu a 22ª colocação no Mundial de Ginástica Rítmica, que contou com a participação de 38 países, em Moscou, na Rússia. Assim, o Brasil melhorou seu desempenho em relação à última edição do campeonato, realizada no ano passado, no Japão, quando terminou em 29º lugar.

AE, Agência Estado

23 de setembro de 2010 | 19h13

Dessa vez, as brasileiras Angélica Kvieczynski, Eliane Sampaio, Rafaela Costa e Drielly Daltoé somaram 227.075 pontos após a apresentação nos quatro aparelhos - 67.750 na corda, 68.500 no arco, 67.600 na bola e 62.725 na fita -, encerrada nesta quinta-feira. Enquanto isso, a Rússia ficou em primeiro lugar.

"Fiquei muito feliz, pois melhoramos muito se compararmos com o ano passado. Estamos crescendo aos poucos, mas, se levarmos em consideração os resultados anteriores, é nítido que as notas melhoraram bem e que houve um salto muito grande", afirmou Anita Klemann, técnica da seleção brasileira individual.

"Evoluímos bastante em relação ao ano passado e o que vimos aqui em Moscou é uma prova de que as nossas ginastas estão melhorando a cada ano. Individualmente, as meninas estão muito bem e isso nos deixa muito feliz", comemorou Luciene Cacho Resende, presidente da Confederação Brasileira de Ginástica.

Agora, o Mundial de Ginástica Rítmica terá a disputa do conjunto, que começa no sábado. E o Brasil será representado pela equipe formada por Larissa Barata, Ana Paula Alencar, Ana Paula Ribeiro, Luísa Matsuo, Letícia Dutra e Jéssica Maier. Elas se apresentam nas séries dos cinco arcos e das três fitas e duas cordas.

Tudo o que sabemos sobre:
ginástica rítmicaMundial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.