Brasil fica em quinto no revezamento 4 x 200 m livre

A equipe brasileira do revezamento 4 x 200 metros livre ficou com o quinto lugar na prova do Mundial de piscina curta (25metros) de Xangai, disputada na manhã de sexta-feira.Rodrigo Castro, Thiago Pereira, César Cielo Filho e Lucas Salatta baixaram em 55 segundos o recorde sul-americano, com o tempo de 4min06s09, mas não conseguiram repetir o bronze conquistado em 2004, no Mundial de Indianapolis, quando havia sido marcado o recorde anterior. Na ocasião, a equipe tinha Pereira, Salatta, Castro e Rafael Mósca.O ouro ficou com a Itália, que anotou o tempo de 6min59s08, novo recorde da competição. A prata foi para a Austrália, e o bronze para os Estados Unidos. A China ficou com o quarto lugar, superando o Brasil por apenas 15 centésimos.Horas antes, Lucas Salatta havia ficado com o oitavo lugar nos 400 metros medley, com o tempo de 4min18s29, mais de três segundos mais lento que a marca que havia anotado nas eliminatórias, na noite de quinta-feira - 4min14s81. A medalha de ouro ficou com o norte-americano Ryan Lochte, que bateu o novo recorde do Mundial, com o tempo de 4min02s49.

Agencia Estado,

06 de abril de 2006 | 10h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.