Brasil ganha 3 medalhas em disputas de judô na Europa

O judô brasileiro conquistou três medalhas neste sábado, em duas competições diferentes que acontecem na Europa. Na cidade de Obewart, na Áustria, a disputa foi restrita para as mulheres e deu para o Brasil uma prata com Eleudis Valemtim (até 52kg) e um bronze com Ketleyn Quadros (até 57kg). E no masculino, veio um bronze com Bruno Mendonça (até 73kg) em Budapeste, na Hungria.

AE, Agência Estado

16 de fevereiro de 2013 | 16h28

No Torneio Open de Obewart, Eleudis Valemtim precisou de quatro lutas para chegar ao pódio neste sábado. Ela somou vitórias sobre Patricia Toth (Hungria), Gulbadam Babamuratova (Turcomenistão) e Baterdene Baljinnyam (Mongólia), mas acabou perdendo a final da categoria até 52kg para outra judoca da Mongólia, Urantsetseg Munkhbat, e ficou com a medalha de prata.

Ketleyn Quadros, por sua vez, começou a competição austríaca com vitórias sobre Jennet Geldibayeva (Turcomenistão) e Ju Min Kim (Coreia do Sul). Mas perdeu para a austríaca Sabrina Filzmoser, caindo na repescagem, quando derrotou a britânica Nekoda Davis. Aí, já na disputa da medalha de bronze, a brasileira ganhou da canadense Joliane Melancon e chegou ao pódio.

Já no Torneio Open de Budapeste, Bruno Mendonça conseguiu vencer o português André Alves e o sérvio Nemanja Petrovic, mas perdeu para o sul-coreano Man-Gui Bang. Já na repescagem, o judoca brasileiro derrotou o norte-americano Nicholas Delpopolo, avançando para a luta pela medalha de bronze, quando superou o mongol Odbayar Ganbaatar e pôde subir ao pódio.

Os primos Charles e Gabriela Chibana também competiram pelo Brasil neste sábado, mas não conseguiram chegar à disputa por medalhas nas duas competições na Europa. Neste domingo, os judocas brasileiros estarão novamente em ação em Obewart e Budapeste, com Claudirene Cezar (acima de 78kg), Nacif Elias (até 90kg) e Renan Nunes (acima de 100kg).

Tudo o que sabemos sobre:
judôseleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.