Brasil garante as primeiras vagas nos Jogos de Londres

Adriana Kostiw e Patrícia Freitas asseguraram, no Mundial, dois lugares; classificação, no entanto é do País, não das atletas

PERTH, AUSTRÁLIA, O Estado de S.Paulo

08 de dezembro de 2011 | 03h03

O Brasil conquistou suas duas primeiras vagas na vela para a Olimpíada de Londres, com Adriana Kostiw, da Laser Radial, e Patrícia Freitas, da RS:X feminina, após o 5.º dia de disputas do Mundial de Perth, na Austrália - o torneio definirá 75% das embarcações para os Jogos.

A classificação, entretanto, é do País. Os velejadores precisarão confirmar presença na equipe brasileira que disputará a Olimpíada vencendo a seletiva que ocorrerá em Búzios (RJ), no mês de fevereiro.

Campeã pan-americana, Patrícia ocupa a 22.ª colocação (eram 20 as vagas para Londres). Adriana terminou a primeira fase do Mundial (serão 10 regatas ao todo) com a 45.ª posição - eram 29 vagas em disputa e ela se classificou após os descartes.

"Para mim foi uma surpresa vir a classificação tão rápido. Achei que teria que lutar até o final e estou muito feliz", afirmou. "Mas o campeonato não acabou, embora tenha conquistado meu objetivo principal, que era classificar o país."

Jorge Zarif, da Finn, também está na briga para garantir a classificação do Brasil na classe. Ele ocupa o 31.º lugar na classificação geral e, com os descartes, o 22.º na disputa por países - classificam-se 18 barcos para Londres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.