Divulgação
Divulgação

Brasil garante duas medalhas no vôlei de praia na Argentina

Duplas femininas avançam com campanha perfeita em etapa do Circuito Mundial e com seis vitórias, continuam na luta pelo ouro

Estadão Conteúdo

31 de outubro de 2014 | 22h58

A campanha das duplas femininas brasileiras no Open de Paraná, etapa da Argentina do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, tem sido perfeita até agora. Foram seis jogos e mais seis vitórias nesta sexta-feira, pelas oitavas e quartas de final da competição. Com isso, neste sábado Lili e Rebecca enfrentam Maria Clara e Carol por um lugar na final. Já Talita e Larissa encaram as norte-americanas Hester/Ledoux pelo ouro e sétimo título seguido.

Este será o primeiro confronto entre Lili/Rebecca e Maria Clara/Carol pelo Circuito Mundial. O duelo entre Talita/Larissa e Hester/Ledoux também será inédito. A dupla norte-americana está disputando apenas a sua segunda etapa do tour mundial na carreira e tem como melhor resultado uma eliminação nas oitavas de final.

As primeiras brasileiras a entrarem em quadra pelas quartas de final foram Talita e Larissa, que venceram as tchecas Bonnerova e Hermannova por 2 sets a 0 (21/13 e 22/20). Mais cedo, pelas oitavas de final, as atletas derrotaram o time grego formado por Arvaniti/Tsiartsiani: 2 a 0 (21/15 e 21/9). Os resultados do dia aumentaram a invencibilidade da dupla para 42 partidas.

Maria Clara e Carol também mantiveram o bom momento e garantiram vaga na semifinal. As cariocas venceram as canadenses Jamie Broder e Kristina Valjas por 2 sets a 1 (15/21, 23/21 e 15/11). Antes, pelas oitavas de final, as adversárias foram as italianas Momoli/Giombini, que sucumbiram também por 2 a 1 (23/21, 17/21 e 15/11).

Por fim, Lili e Rebecca completaram o trio de brasileiras na disputa pela medalha de ouro. Elas enfrentaram a grande esperança dos argentinos em conquistarem uma medalha em um jogo bastante equilibrado. As brasileiras venceram Ana Gallay e Georgina Klug, quartas colocadas no ranking geral da temporada, por 2 sets 0 (23/21 e 22/20). Mais cedo, haviam passado pelas norte-americanas Daley e Stockman por 2 a 1 (23/21, 19/21 e 15/11).

MASCULINO
O Brasil avançou com duas duplas à segunda fase do torneio masculino. Cada time disputou um jogo no complemento da fase de grupos nesta sexta e ambos venceram. Bruno e Hevaldo terminaram na liderança da chave C, de forma invicta, e estão direto nas oitavas. Guto e Allison também conquistaram a ponta da chave G e não terão que jogar a repescagem.

Guto e Allison deixaram o tropeço contra a dupla norte-americana, na estreia, para trás. Mesmo com torcida contra, eles derrotaram os argentinos Ian Mehamed e Nicolás Capogrosso por 2 sets a 0 (21/14 e 21/15). Três duplas ficaram empatadas com cinco pontos, mas os brasileiros avançaram em primeiro na chave por terem melhor saldo de sets e pontos.

Allison fez uma avaliação do começo de competição da dupla e da partida. "Entramos bastante concentrados nesse jogo contra a Argentina, pois sabíamos que valia a primeira colocação do grupo. Usamos uma estratégia que deu certo. É sempre uma ótima oportunidade para nosso crescimento disputar etapas do Circuito Mundial. Pretendemos ir crescendo cada vez mais no torneio e nada mais motivante que defender as cores do Brasil", destacou.

Bruno e Hevaldo, que conquistaram duas vitórias na última quinta, confirmaram o bom momento e venceram os austríacos Alexander Huber e Robin Seidl por 2 sets a 0 (21/14 e 21/17). O amazonense e o cearense ainda não perderam nenhum set na competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.