Brasil goleia Argentina e conquista o ouro no futsal

Falcão é o destaque da seleção brasileira, com a artilharia da competição ao fazer sete gols

28 de julho de 2007 | 11h39

Com uma grande atuação, a seleção brasileira conquistou a medalha de ouro no futsal ao vencer a rival Argentina por 4 a 1, na manhã deste sábado, no Riocentro, pelos Jogos Pan-Americanos. Com mais este ouro, o Brasil agora soma 41 ouros e continua na briga com Cuba (47) pela segunda posição no quadro geral de medalhas.  Veja também: O quadro de medalhas Quem fica em segundo lugar no Pan?Os detalhes das modalidades em disputa Depois de um começo complicado, a seleção brasileira termina a competição com cinco vitórias e jogadas que não serão facilmente esquecidas, como o gol de letra de Vinicius diante da Costa Rica, na semifinal. Apesar do show que a modalidade apresenta, o futsal não continuará no calendário da Odepa para o próximo pan-americano, que será em Guadalajara, no México, dando lugar ao raquetebol. A FIFA está na luta para incluir o esporte na competição americana, assim como no calendário olímpico, inclusive com o apoio do ex-presidente da entidade, o brasileiro João Havelange. Deixando a questão política de lado, o Brasil entrou em quadra para enfrentar a Argentina que, por sua vez, havia se classificado à final após uma longa batalha com o Paraguai, decidida apenas nos pênaltis. E, logo no primeiro minuto, Falcão deu um lindo lençol sobre o goleiro argentino e, com um leve toque de cabeça, abriu o placar. O domínio brasileiro era evidente na partida. Com apenas oito minutos de jogo, a seleção havia dado oito chutes ao gol, mas a Argentina, com uma boa marcação por zona, evitava a ampliação do placar. O Brasil, no entanto, era melhor e, aos 10 minutos, marcou o segundo gol numa bela cobrança de falta ensaiada, novamente com Falcão, que foi o artilheiro da competição com sete. Num dia inspirado, Falcão continuou com o show e, do campo de defesa, chutou a bola no travessão, assustando o goleiro argentino, que tentou antecipar a jogada e quase sofreu o gol.  Tranqüilo na quadra, a seleção brasileira manteve sua tática de tocar a bola à espera do erro argentino, o que aconteceu no começo do segundo tempo. Após a falha de marcação, Vinícius ficou livre para marcar o terceiro gol. Guerreira, a Argentina foi ao ataque e chegou ao seu gol de honra com seis minutos restantes no segundo tempo. A defesa brasileira falhou e Amas, sozinho, marcou o gol. O Brasil não se abalou e decretou o placar final da partida com um gol de Marquinho. BRASIL 4 x 1 ARGENTINA Brasil: Rogério; Ciço, Vinícius, Marquinho e Falcão. Técnico: Paulo César de OliveiraReservas - Tiago; Neto, Gabriel, Simi, Betão, Lenísio e Valdin Argentina: Mandayo; Giustozzi, Sánchez, Garcias e Gonzalez. Técnico: José Fernando Larrañaga Cuetos Reservas - Planas; Costas, Cuzzolino, Wilhelm, Amas, Lucuix e Elias

Tudo o que sabemos sobre:
futsalPan 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.