Brasil inicia fase com vitória sobre Cuba

Time de José Roberto Guimarães aproveita fragilidade do adversário e vence por 3 a 0, com boa atuação de Gabi

ALMATY, O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2013 | 02h03

Depois de uma participação irregular na fase anterior do Grand Prix, com duas vitórias sobre República Dominicana e Porto Rico e uma derrota para a Bulgária, a seleção brasileira feminina enfrentou um adversário ideal para a sua reabilitação, a debilitada e decadente Cuba, no último final de semana da fase classificatória, em Almaty, no Casaquistão. A vitória, por 3 a 0, foi obtida com facilidade. As parciais: 25/16, 25/11 e 25/20.

Cuba, que não conseguiu classificação para os Jogos Olímpicos de Londres, radicalizou ao promover uma renovação em sua equipe. O time inscrito no Grand Prix tem uma atleta de 14 anos, duas de 15 e uma de 16. Não à toa, a equipe caribenha ocupa a 19.ª colocação, à frente apenas da Argélia.

A despeito da fragilidade do adversário, o técnico José Roberto Guimarães ficou satisfeito com a performance de sua equipe.

"Tivemos um grande desempenho no bloqueio, na defesa e no saque, e cumprimos o sistema tático que treinamos", afirmou.

O resultado deixou o Brasil com 17 pontos (seis vitórias e uma derrota), na sexta colocação. Classificam-se para a fase final, que será disputada em Sapporo, no Japão, as cinco equipes mais bem colocadas, além do Japão, que já tem vaga garantida por ser o país sede.

A novata Gabi, revelação do Brasil, novamente foi uma das maiores pontuadoras da seleção, com dez pontos, ao lado de Fernanda Garay. A central Thaisa contribuiu com oito, sendo seis no bloqueio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.