Brasil obtém vitória apertada na estreia dos Jogos: 3 x 2 no Egito

Com uma atuação irregular, a seleção brasileira derrotou o Egito por 3 x 2 nesta quinta-feira, na estreia nos Jogos de Londres, abrindo o caminho em busca do ouro olímpico inédito no futebol com uma vitória apertada.

Reuters

26 de julho de 2012 | 17h45

Os gols brasileiros foram marcados por Rafael, Leandro Damião e Neymar, todos no primeiro tempo, quando o time do técnico Mano Menezes dominou a partida, fazendo 3 x 0.

Depois do intervalo, a seleção diminuiu o ritmo, pouco atacou e viu os egípcios se animarem com a marcação de dois gols.

"A gente pode melhorar, vamos trabalhar para isso", disse o atacante Neymar após o jogo.

O Egito começou melhor o confronto no Millenium Stadium, em Cardiff (País de Gales), e passou os primeiros minutos no ataque.

O goleiro brasileiro Neto, que substituiu o titular Rafael -- cortado devido a uma lesão no cotovelo --, aparentou nervosismo no início. Ele escorregou em seu primeiro lance, para depois fazer a defesa, e acabou pressionado ao demorar para tocar a bola após um recuo.

A partir dos 10 minutos, no entanto, a seleção controlou o jogo. Quem abriu o placar foi o lateral-direito Rafael, aos 16, após bom passe dentro da área de Oscar.

Dez minutos depois, um lançamento longo encontrou Oscar, que esta semana trocou o Internacional pelo Chelsea. O meia-atacante passou pelo goleiro e deu um passe preciso para Leandro Damião chutar forte para a rede.

O terceiro gol aconteceu aos 30 minutos, quando Hulk cruzou da esquerda e Neymar completou de cabeça.

No segundo tempo, o Egito diminuiu o marcador logo aos 7 minutos. Após um chute na trave, Aboutrika ficou com o rebote e empurrou a bola para o gol.

O segundo gol egípcio saiu aos 31 minutos em um chute da entrada da área de Salah, que se livrou do zagueiro Juan e tocou para o gol, sem chances para o goleiro Neto.

Mano Menezes fez três substituições na segunda etapa: entraram Paulo Henrique Ganso, Alexandre Pato e Danilo nos lugares de Hulk, Leandro Damião e Sandro, respectivamente. O time teve chance de ampliar a vitória, mas acabou ficando com os 3 x 2.

Tudo o que sabemos sobre:
OLIMPBRASILEGITO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.