Divulgação - 12/2/2012
Divulgação - 12/2/2012

Brasil Open vê choque de brasileiros

Thomaz Bellucci e Ricardo Mello se enfrentam para definir quem sobrevive na competição

O Estado de S.Paulo

15 de fevereiro de 2012 | 03h01

SÃO PAULO - O tênis brasileiro, que conta com poucos representantes no Brasil Open, verá um deles ficar pelo caminho hoje. Por volta das 21 horas, Thomaz Bellucci e Ricardo Mello enfrentam-se na quadra de saibro montada no ginásio do Ibirapuera. Bellucci, 38.º colocado no ranking da ATP e que estreia direto nesta segunda rodada, é o favorito. Mello (123.º) teve de passar pelo espanhol Pere Riba, 90.º, por 6/4 e 6/2, na noite de segunda-feira.

Mello, aos 31 anos, já tem no currículo boas participações no Brasil Open. Foi semifinalista no ano passado e em 2005, quando acabou eliminado por um certo Rafael Nadal (campeão daquela edição), depois de conseguir vencer o primeiro set.

"Eu me senti muito bem em quadra. Como o saibro indoor é mais veloz e eu estou bem acostumado a jogar em quadras rápidas, minhas devoluções entraram bem. Fiquei feliz", analisou.

O campineiro só lamentou ter de enfrentar um conterrâneo logo na segunda rodada. "É uma ocasião muito legal. Uma pena que nos encontremos tão cedo, na segunda rodada, mas deve ser um grande jogo. Até hoje, todas as vezes em que nos enfrentamos foram partidas duras".

Ontem, João Olavo Soares de Souza, o Feijão, despediu-se do torneio ao perder para Victor Hanescu por 6/3 e 6/3.

Tudo o que sabemos sobre:
TênisBrasil OpenThomaz Bellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.