Brasil pega Japão no Mundial de beisebol

A Seleção Brasileira de Beisebol volta a jogar nesta sexta-feira às 21h de Brasília contra o Japão, um dos favoritos ao título, no Mundial na cidade de Santiago de Cuba. O Brasil ocupa a sexta colocação no grupo B, atrás de Japão, Estados Unidos, Panamá, Holanda e China.Para Mitsuyoshi Sato, técnico da equipe brasileira, a partida terá clima de revanche. Em 1972, quando ele atuava como arremessador na seleção brasileira, a equipe perdeu."Mas não dá para comparar a equipe daquele época. Participamos como convidados. Agora, não", disse o técnico.Os japoneses apostam na sua principal arma: a defesa. Até o momento, é a menos vazada do campeonato. Além disso, terão em campo os três principais rebatedores do time, Yasuyuki Saigo, Takashi Yoshima e Daisuke Kusano.O destaque da equipe brasileira é o rebatedor Tiago Magalhães, que é o líder de home run (com três) - quando a bola rebatida sai do campo. Além do adversário dificílimo, os brasileiros terão outro problema: a iluminação. O time do Brasil não está acostumado a jogar à noite e terá de redobrar a atenção na defesa, sua maior deficiência.Para avançar às quartas-de-final, o Brasil precisa se classificar entre os quatro primeiros do grupo B, que tem Japão e Estados Unidos.No sábado, o Brasil enfrenta a Holanda, na cidade Holguin, às 14 horas.Ainda nesta fase, os brasileiros enfrentam a França, no domingo e a China, na segunda-feira, também em Holguin, em Cuba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.