Brasil pega Suécia, em casa, para voltar à elite na Davis

O Brasil vai jogar em casa, contra a Suécia, na disputa por um lugar no Grupo Mundial da Copa Davis em 2007. O playoff será disputado de 22 a 24 de setembro, em local a ser escolhido pela Confederação Brasileira de Tênis (CBT). O sorteio foi realizado nesta quarta-feira, em Londres.A Suécia foi a última adversária do Brasil no Grupo Mundial. Em fevereiro de 2003, o Brasil perdeu para os suecos por 3 a 2, em Helsingborg, e depois cairia para o Grupo 1 ao ser derrotado pelo Canadá, no playoff. Naquela ocasião, o Brasil teve Gustavo Kuerten, André Sá, Flávio Saretta e Ricardo Mello. Como jogou fora de casa, o Brasil tem agora o direito de sediar o confronto - isso aconteceria também se o adversário fosse Espanha ou Suíça.Na primeira fase, a Suécia perdeu por 5 a 0 para a Argentina, em Buenos Aires, jogando com Thomas Johansson, Jonas Bjorkman, Simon Aspelin e Robin Soderling.O Brasil também poderia pegar em casa a Suíça, de Roger Federer, ou a Espanha, de Rafael Nadal. A CBT avisa que vai estudar a melhor proposta, segundo o presidente Jorge Rosa."O resultado do sorteio foi muito bom", festejou Jorge Rosa. "Vamos, enfim, jogar em casa, depois de praticamente um ano inteiro tendo de viajar."O fato de jogar em casa, além de aumentar muito as chances de o Brasil garantir sua classificação para o Grupo Mundial de 2007, também assegura uma boa oportunidade de a CBT recuperar-se das inúmeras despesas e talvez recolocar seus cofres em ordem, depois de tantos desmandos da antiga administração."Para a escolha da sede vamos proceder da mesma maneira que fizemos em Joinville, quando recebemos as Antilhas Holandesas", disse Rosa. "A situação agora melhorou bastante, pois a Federação Internacional mudou o regulamento e já aceita que seja colocado na quadra o nome da cidade ou do Estado que está apoiando o evento. Por isso, podemos ter apoios mais fortes."Há vários interessados em promover o confronto Brasil x Suécia. Minas Gerais saiu na frente anunciando que tem a preferência, fato não confirmado por Rosa. O dirigente disse que analisar todas as propostas e não se comprometeu com ninguém.Confira os outros confrontos do playoff da Copa DavisEspanha x Itália Áustria x México Alemanha x Tailândia Holanda x República Tcheca Romênia x Coréia do Sul Eslováquia x Bélgica Suíça x Sérvia e Montenegro

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.