FIBA
FIBA

Brasil perde para coreanas e não se classifica para o Mundial de Basquete Feminino

A equipe de José Neto enfrenta a Sérvia, neste domingo, sem chances de conquistar vaga no torneio

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de fevereiro de 2022 | 16h49
Atualizado 12 de fevereiro de 2022 | 22h02

O Brasil entrou em quadra neste sábado, em Belgrado, com chances de encaminhar a classificação para o Mundial de Basquete feminino e até ficou perto de completar a missão, mas não conseguiu. Em uma disputa acirrada, decidida na reta final, as brasileiras perderam por 76 a 74, no que foi a penúltima partida do Pré-Mundial.

Neste domingo, a equipe comandada pelo técnico José Neto enfrenta a Sérvia. Mas, independentemente do resultado, o Brasil já não consegue mais a classificação e está fora de seu segundo Mundial consecutivo, o terceiro na história. A vitória da Sérvia, por 78 a 71, sobre a Austrália, pôs fim às chances brasileiras.

Em quadra neste sábado, as brasileiras protagonizaram um jogo muito parelho, com destaque para a atuação de Naany, autora de 13 pontos e cinco rebotes. Kamilla, com 11 pontos e dez rebotes, e Tainá Paixão, com 11 pontos e cinco rebotes, foram outros nomes que tiveram boas atuações.

Depois de perder as duas primeiras parciais por diferenças mínimas, a equipe terminou o terceiro quarto na frente e começou bem a reta final, na qual conseguiu chegar aos quatro minutos derradeiros com uma vantagem de 60 a 57. Depois que as coreanas viraram por 61 a 60, contudo, não saíram mais da frente do placar. A diferença de pontos continuou curta. 

Quando restavam 19 segundos para fim, Leeseul Kang acertou uma cesta de três que ampliou a vantagem para quatro. Tainá também tentou de três, no lance seguinte, após a parada, e errou, mas Isabela Ramona pontuou na sequência para renovar as esperanças.. 

No fim das contas, Kang acertou dois lances livres para a Coreia e colocou 76 a 72 no marcador. O Brasil teve oportunidades de reagir, convertendo dois lances livres com Tainá Paixão, que errou o terceiro e deixou o rebote para Erika. Foi a chance de empatar, mas ela não fez e o cronômetro zerou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.