Brasil sai em desvantagem no desafio de vôlei de praia

O Brasil não se saiu bem no primeiro dia do Desafio Internacional de vôlei de praia contra os Estados Unidos. Neste sábado, em São Paulo, as duplas brasileiras perderam suas partidas. Ricardo e Emanuel foram superados por Todd Rogers e Phil Dalhausser, enquanto Renata e Talita foram derrotadas por Nicole Branagh e Elaine Youngs. Mesmo assim, o time verde e amarelo ainda tem chances de conquistar o desafio se vencer a partida deste domingo, disputada com equipes mistas, 4 contra 4. Campeões olímpicos em Atenas/2004, Ricardo e Emanuel perderam por 2 sets a 0 (21/19 e 21/16). Vencedores, os norte-americanos mostraram o mesmo entrosamento que levou a dupla ao ouro na Olimpíada de Pequim. Já os brasileiros admitiram a falta de ritmo. "Nós já sabíamos que seria um jogo difícil, principalmente por estarmos em início de temporada. Eu e o Emanuel não treinamos desde o começo de dezembro", disse Ricardo. "Mas amanhã é dia de dar o troco."Além da derrota, Renata e Talita podem ter feito o último jogo juntas. A dupla decidiu acabar com a parceria, que rendeu o quarto lugar em Pequim, e o revés por 2 sets a 0 (21/13 e 23/21) foi a despedida oficial. "Apesar da derrota, saio daqui com a lembrança de muito entrosamento e respeito com a Renata, desse tempo em que jogamos juntas", disse Talita.Neste domingo, o Desafio Internacional continua com a partida entre equipes mistas, no Pelezão, região da Lapa. Ricardo, Emanuel, Renata e Talita formarão o time brasileiro. Como cada vitória no confronto das duplas valia um ponto, e o jogo misto vale 2,5, o Brasil ainda pode vencer a competição. "Amanhã espero que os homens não batam forte e que ninguém saia machucado", brincou a norte-americana Youngs, que formará a equipe dos Estados Unidos com Branagh, Rogers e Dalhausser.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.