FIVB
FIVB

Brasil segue 100% e hoje pega a Itália

Sem dificuldades, seleção fez 3 a 0 no Casaquistão, que joga em casa, e segue sem perder sets no Grand Prix

, O Estado de S.Paulo

14 de agosto de 2011 | 00h00

ALMATY, CASAQUISTÃO

A seleção feminina de vôlei não teve dificuldades para manter o 100% de aproveitamento no Grand Prix ontem pela manhã, ao bater o Cazaquistão por 3 sets a 0, com parciais de 25/14, 25/18 e 25/20, na casa do adversário.

O time do técnico José Roberto Guimarães volta à quadra hoje, às 9 horas (de Brasília), contra a Itália, com transmissão da Sportv, novamente em Almaty.

Após um início equilibrado, as brasileiras mostraram a força de seu bloqueio e fecharam o jogo sem maiores dificuldades.

Em sua estreia pelo grupo F, as brasileiras bateram a Tailândia também por 3 a 0 (25-16, 25-23 e 25-16), em Almaty, o que mantém o time ainda sem perder sets na competição.

Ontem, diante de um adversário mais fraco, o técnico José Roberto Guimarães aproveitou para dar ritmo a Natália, de volta após uma cirurgia na perna direita. "Eu não esperava jogar. Foram mais de dois meses de preparação para retornar. Não atuava em um jogo inteiro desde a final da Superliga. Ainda preciso evoluir, mas isso só virá com ritmo", afirmou a atleta.

Com ótimo desempenho no bloqueio e contando também com os erros do time da casa, o Brasil dominou amplamente o primeiro set, fazendo 25/14.

No segundo, o Cazaquistão demonstrou reação, chegou a fazer 3 a 2, mas acabou não resistindo e perdeu por 25/18. O destaque foi a central Thaisa, principal pontuadora do jogo.

No terceiro, novamente o time da casa esteve bem e chegou a abrir 6 a 2, mas o técnico brasileiro pediu tempo e mexeu com o time, que virou o set e venceu por 25-20.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.