Brasil tem desempenho inferior ao de sexta-feira no judô

Performances rendem apenas 1 ouro e 2 pratas, enquanto brasileiros saem contundidos e insatisfeitos

21 de julho de 2007 | 16h12

Dos três finalistas brasileiros no judô, apenas um conseguiu o ouro. Danielle Zangrando bateu a norte-americana Valerie Gotay conquistou a medalha de ouro na categoria leve até 57kg, com apenas um koka.    Veja também:  O quadro geral de medalhas   Os detalhes das modalidades em disputa   Já Leandro Guilheiro, com fortes dores nas costas, ficou apenas com a medalha de prata ao ser derrotado na final da categoria leve (até 73kg) pelo norte-americano Ryan Reser em menos de um minuto, por ippon.   Danielli Yuki também perdeu na final, para a cubana Driulis Gonzalez, que a imobilizou a meio minuto do fim da luta. Yuki já havia sido punida com um Hansoku-Make - tripla punição que rende um wazari para a adversária.   E Flávio Canto, favorito na categoria até 81 kg, se machucou em uma queda na luta contra o americano Travis Stevens e, com uma luchação no cotovelo direito, não pôde continuar lutando nem pelo bronze.   Com quatro semifinalistas, da mesma forma que na sexta, o Brasil fecha o dia com 1 ouro e 2 pratas no judô - bem menos que os 2 ouros, 1 prata e 1 bronze da véspera.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.