Brasil tenta recuperação no beisebol

A seleção brasileira de beisebol tenta amanhã a recuperação no Campeonato Mundial de Cuba, diante dos mexicanos, às 15h (de Brasília), em Holguin. Na estréia, segunda-feira, os brasileiros foram derrotados pelo Panamá por 11 a 6. Na noite de hoje, os adversários do time comandado por Mitsuioshi Sato seriam os norte-americanos, um dos favoritos ao título. O destaque brasileiro na estréia foi o jardineiro Thiago Campos, que marcou dois pontos em dois home runs no jogo. Pelo Panamá, o lançador Lenin Picota foi o melhor jogador. O Brasil começou mal o jogo e sofreu cinco pontos logo na primeira entrada. Na terceira, levou mais dois pontos: 7 a 1 para o Panamá. Nesse momento, o técnico Mitsuioshi Sato tirou Márcio Sakane, arremessador, e a o grupo passou a jogar melhor. Na oitava entrada, a vantagem dos panamenhos era de 10 a 6. Os adversários de amanhã perderam seu primeiro jogo por 4 a 0 para os Estados Unidos, e hoje enfrentariam os panamenhos. Pelo grupo do Brasil, o B, ainda jogam Holanda e França, Japão e China e Estados Unidos e Panamá. Pelo grupo A, jogam Nicarágua e Itália, Coréia e Rússia e Taipei e Canadá. Depois dos mexicanos, o time brasileiro vai para a cidade de Santiago de Cuba, onde joga sexta-feira contra os japoneses e sábado contra a Holanda. No dia 19, de volta à Holguin, os adversários serão os franceses e no dia seguinte, os chineses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.