Brasil terá Formiga como porta-bandeira na festa de encerramento do Pan

A jogadora de futebol Formiga será a porta-bandeira do Brasil na cerimônia de encerramentos dos Jogos Pan-Americanos de Toronto. A atleta, com duas medalhas olímpicas, ambas de prata, e quatro do Pan, sendo três de ouro, foi escolhida por seu trabalho no esporte e por estar disputando pela última vez o torneio de futebol da competição.

PAULO FAVERO, Estadão Conteúdo

26 de julho de 2015 | 13h02

"É uma responsabilidade grande. Agradeço a Deus por poder fazer o que mais gosto, mas sei que sozinha não teria conquistado nada. Esse convite nunca passou pela minha cabeça e espero cada vez mais levar nosso País para o topo", disse a jogadora, visivelmente emocionada.

No último sábado, Formiga inclusive marcou um dos gols da vitória do Brasil por 4 a 0 sobre a Colômbia na decisão do torneio de futebol feminino do Pan, repetindo as conquistas das edições de 2003 e 2007 do evento.

Apesar de ter colocado na cabeça que não pretende ir para Lima, no Peru, em 2019, Formiga é pressionada a ficar na seleção. O próprio Vadão, técnico da equipe feminina, começou a campanha. "Já falei para ela que enquanto eu for treinador ela não para. Vamos até promover um encontro dela com o Rogério Ceni para ver que é possível continuar", brincou o comandante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.