Rebecca Blackwell/ AP
Rebecca Blackwell/ AP

Apesar de vitória, basquete feminino tem classificação ameaçada

Placar sobre Porto Rico faz Brasil depender de outros resultados

MARCIO DOLZAN, Enviado Especial a Toronto, Estadão Conteúdo

17 de julho de 2015 | 17h49

A seleção brasileira feminina de basquete venceu sua primeira partida nos Jogos Pan-Americanos de Toronto na tarde desta sexta-feira. Mas o placar de 62 a 57 sobre Porto Rico foi pouco comemorado pela equipe, já que o Brasil precisava ter vencido por uma diferença de ao menos sete pontos para depender somente de suas forças para avançar à semifinais.

Com o resultado, o time agora depende de uma vitória dos Estados Unidos diante das porto-riquenhas para seguir na competição - isso, claro, desde que vença a República Dominicana, adversário mais fraco do grupo, no último jogo da chave, marcado para às 14h30 (horário de Brasília) deste sábado.

Com pouco tempo para descanso após a estreia na quinta-feira, a seleção brasileira fez um jogo bem abaixo do que aquele apresentado diante das norte-americanas. O time errou muitos passes e cestas fáceis. Parecia travado em quadra.

O jovem time brasileiro sofreu pressão nos últimos minutos e chegou até mesmo a ter a vitória ameaçada - o que eliminaria o time por antecipação -, mas conseguiu segurar a vantagem num jogo em que se manteve o tempo todo à frente no placar.

"O jogo hoje foi bom, mas tivemos muitos erros. Na pressão erramos muitos passes, e isso permitiu muitos pontos para elas nos contra-ataques. Temos que melhor os passes e o drible", avaliou a ala Patty após o jogo.

O técnico Luiz Zanon também reconheceu os erros, mas considerou que o cansaço pesou. "A gente nem conseguiu ajustar muito, vou ser bem sincero. A gente tentou resgatar uma motivação, passamos um vídeo de Porto Rico, e tratamos de fazer um jogo de vitória. Hoje só tínhamos a opção de vitória. A gente até jogou abaixo de nossa expectativa no sentido tático, mas precisávamos de vitória", analisou o técnico.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-Americanosbasquete feminino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.