Brasil vence no handebol, mas técnico critica erros de ataque

Brasil vence no handebol, mas técnico critica erros de ataque

Seleção bate a Argélia pelo Torneio Quatro Nações, em São Bernardo do Campo, por 29 a 27 e técnico critica desatenção

Estadão Conteúdo

31 de outubro de 2014 | 10h49

O Brasil estreou com vitória apertada no Torneio Quatro Nações de Handebol. Quinta-feira à noite, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, a seleção brasileira masculina da modalidade sofreu para passar pela Argélia, vencendo por apenas dois gols de diferença, com um placar de 29 a 27.

A atuação, abaixo do esperado contra um rival frágil, rendeu críticas do técnico Jordi Ribera, espanhol que comanda a seleção brasileira. "Cometemos muitos erros no ataque, sobretudo nos momentos finais, o que poderia ter nos feito chegar com um pouco mais de vantagem. Em alguns momentos estivemos bem na defesa, mas ainda nos falta melhorar. Também tivemos falta de concentração algumas vezes. Já sabíamos que seria um jogo ruim de trabalhar cada jogada. É um adversário duro", disse.

Nesta sexta-feira, às 21h, o Brasil volta à quadra no ginásio Adib Moyses Dib contra o Egito, que também vem de vitória na primeira rodada - fez 24 a 21 na Argentina. Ribera sabe que a seleção precisa jogar melhor caso queira seguir sua evolução.

"Está claro que no último Mundial demos um passo à frente. Chegamos às oitavas de final e, é claro, queremos ir ainda mais além. Para isso, temos que jogar muito melhor do que hoje (quinta), defender melhor, aproveitar mais os contra-ataques e não perder tantas ações claras. Mas para isso servem os jogos de preparação. Para melhorar tudo que temos para melhorar. Também temos que levar em conta que temos uma equipe bem jovem. Eu acho que daqui ao Mundial o grupo estará muito melhor."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.