Brasil vence pela primeira vez no hóquei sobre a grama no Pan

A seleção brasileira de hóquei sobre a grama conseguiu um resultado histórico no fim da tarde desta quinta-feira. O Brasil superou o México por 1 a 0 e conquistou assim sua primeira vitória na história dos Jogos Pan-Americanos. Com o resultado, válido pela segunda rodada do Grupo B dos Jogos de Toronto, a seleção deu um passo importante em sua luta para garantir uma vaga na Olimpíada.

MARCIO DOLZAN, Estadão Conteúdo

16 de julho de 2015 | 20h29

Por não ter nenhuma tradição no esporte, a Federação Internacional de Hóquei (IHF, na sigla em inglês) impôs ao Brasil a necessidade de alcançar no mínimo o sexto lugar no Pan para ter direito a disputar os Jogos Olímpicos do próximo ano por convite.

O torneio de Toronto conta com oito equipes divididas em dois grupos de quatro. Todos avançam para a segunda fase, quando haverá mata-mata com os adversários da outra chave. O cruzamento será feito pela ordem inversa da classificação.

A vitória desta quinta teve importância justamente por conta desses cruzamentos. A seleção estabeleceu como meta na primeira fase evitar de ficar em último para fugir do enfrentamento com o melhor do outro grupo - provavelmente, a Argentina - e beliscar assim uma vaga na semifinal, o que garantiria o Brasil nos Jogos de 2016.

"A gente veio aqui buscar a nossa vaga na Olimpíada. É fruto de muito trabalho, a gente busca dar sempre o melhor. Hoje foi disputado, mas a gente procura sempre dar um gás a mais", disse o capitão do time André Patrocínio. O jogador reconheceu que o time sente a pressão pela vaga olímpica, mas que consegue controlar a ansiedade durante os jogos.

O jogo desta quinta foi pegado e teve um único gol, marcado por Lucas Paixão no terceiro quarto, num belo lance por cobertura. No último dos quatro tempos, o México pressionou até os instantes finais, mas o time brasileiro se fechou na defesa e garantiu a vitória magra.

Esta é só a segunda vez que o Brasil participa dos Jogos Pan-Americanos. No Rio, jogou por convite e só perdeu. Agora, herdou exatamente a vaga que o México obteve pela Copa Pan-Americana de 2013. Os mexicanos depois se classificaram também pelos Jogos Centro-Americanos e abriram espaço para o Brasil, sétimo na Copa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.