Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Brasil vence Uruguai e está na final feminina do handebol no Pan

Seleção vai à final após vitória por 40 a 22 sobre uruguaias

PAULO FAVERO, enviado especial a Toronto, O Estado de S. Paulo

22 de julho de 2015 | 16h37

A seleção feminina de handebol não deu espaço para zebras, ganhou do Uruguai por 40 a 22 e garantiu vaga na decisão dos Jogos Pan-Americanos de Toronto. O time campeão mundial vai encarar a Argentina. "Sabemos que somos favoritas, mas dentro da quadra tudo pode acontecer. Precisamos focar no nosso trabalho", afirmou Deonise, que fez uma grande partida e marcou sete gols.

Com a vaga na decisão, a seleção feminina vai em busca do seu quinto ouro consecutivo no handebol do Pan. Em Winnipeg (1999), Santo Domingo (2003), Rio de Janeiro (2007) e Guadalajara (2011) o Brasil ficou no lugar mais alto do pódio. Antes, havia sido bronze em Indianápolis (1987) e Mar del Plata (1995). "Nosso objetivo maior é a conquista do ouro", comentou Dani Piedade, que participou das três últimas conquistas.

No primeiro tempo, a equipe começou a impor seu ritmo. O técnico Morten Soubak colocou em quadra suas titulares e logo o Brasil começou a abrir vantagem. Com ótima atuação das pontas Alexandra, com três gols, e Fernanda, com quatro, o time foi aumentando o marcador. Deonise também brilhou com quatro gols e o Brasil fechou o período em 18 a 11.

Na etapa final, o Brasil manteve o ritmo forte, mesmo quando o treinador optou por mexer no time e usar bastante as jogadoras reservas. Fernanda e Deonise mantiveram o faro de artilheiras e a equipe disparou no placar. No final, a seleção feminina fez 22 a 11 no segundo tempo e fechou o placar em 40 a 22. A artilheira do duelo foi Fernanda, com oito gols. "É bom poder marcar tantas vezes e saber que fui efetiva no ataque."

MASCULINO

No masculino, a seleção de handebol também vai buscar sua vaga na final da competição. A equipe encara o Chile nesta quinta-feira, às 14h30 (horário de Brasília) pela semifinal do torneio. No outro lado, Argentina e Uruguai decidem o segundo finalista, em duelo que será realizado às 21h30 (atualizada 24h).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.