Brasil volta à piscina por mais quatro medalhas

O Brasil cai na água hoje por mais quatro medalhas. E Kaio Márcio é destaque nos 200 m borboleta. Ele já garantiu o ouro nos 100 m borboleta e está bem próximo do seu próprio recorde sul-americano (1min57s38) e do índice olímpico (1min57s67).De olho na Olimpíada de Pequim, o pernambucano já faz planos de treinar nos Estados Unidos ou na Europa. "Será bom, não só para ganhar mais experiência e evoluir, mas para mudar de ares", diz Kaio, que começou a nadar aos 9 anos porque sofria de asma.Na prova feminina, a esperança de medalha é a capixaba Daiene Dias, de 18 anos, estreante no Pan. A garota quer dar a volta por cima após ser apenas a quarta nos 100 m borboleta. "Estava muito nervosa, porque era a minha estréia. Amanhã (hoje), vou mais tranqüila", promete.Os outros brasileiros que lutam por medalhas hoje são Thiago Pereira e Henrique Barbosa, nos 200 m peito. Pereira tem o quinto melhor tempo e Barbosa, o segundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.