Brasileira é eliminada após golpe irregular no judô

Brasileira é eliminada após golpe irregular no judô

Judoca tentou executar um golpe pegando a perna da adversária, o que não é permitido no judô

Pedro Fonseca, Reuters

30 de julho de 2012 | 08h09

LONDRES - A judoca brasileira Rafaela Silva foi eliminada nesta segunda-feira do torneio olímpico da categoria até 57kg após aplicar um golpe irregular na húngara Hedvig Karalkas em sua segunda luta nos Jogos de Londres.

Revelada no projeto social do medalhista olímpico Flávio Canto na Cidade do Deus, comunidade carente do Rio de Janeiro, Rafaela foi vice-campeã mundial em sua categoria em 2011 e era a principal esperança de medalha do Brasil nesta segunda.

A brasileira tentou executar um golpe pegando a perna da adversária, o que não é permitido no judô. Ela não tem chance de disputar a repescagem e, eliminado da competição, deixou o tatame da ExCel Arena chorando e amparada pela técnica Rosicléia Campos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.