Brasileira Iris Sing vai à semi do Mundial de Tae Kwon Do e já garante medalha

O Brasil garantiu uma medalha no Mundial de Tae Kwon do logo no primeiro dia de competições em Chelyabinski, na Rússia. Nesta terça-feira, Iris Sing avançou às semifinais na categoria até 46kg, que não é olímpica, e assegurou ao menos o bronze, mesmo que ela seja derrotada nesta quarta-feira.

Estadão Conteúdo

12 de maio de 2015 | 11h25

Iris Sing, que tentará obter a sua vaga na Olimpíada do Rio na categoria até 49kg, conquistou três vitórias nesta terça para avançar às semifinais. A brasileira, que só precisou estrear na segunda rodada, abriu a sua participação no Mundial batendo a húngara Claudia Lipcsei.

Depois, ela avançou às quartas de final com o triunfo diante da sul-coreana Jae-Young Sim. E a vitória que já lhe garantiu ao menos a medalha de bronze foi sobre a chinesa Zhaoyi Li.

Nas semifinais, nesta quarta, Iris Sing vai lutar contra a tailandesa Panipak Wongpattanakit. O outro duelo por uma vaga na final da categoria até 46kg vai ser entre a ucraniana Iryna Romoldanova e a taiwanesa Wang-Ting Lin.

Além de Iris Sing, Leonardo Moraes foi outro representante brasileiro no primeiro dia do Mundial de Tae Kwon Do. Na categoria até 58kg, ele acabou sendo eliminado logo na estreia, pelo holandês Machario Patti.

Nesta quarta-feira, além de Iris Sing, outros dois brasileiros vão competir no Mundial. Talisca Reis estreará na categoria até 49kg contra a eslovena Ana Petrusic. Já entre os homens, Henrique Precioso está de bye na primeira rodada da categoria até 74kg e depois vai enfrentar o vencedor da luta entre Gianluca Barbara, de Malta, e Rostand Kiki, do Benin.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.