Mike Segar/Reuters
Mike Segar/Reuters

Brasileira não completa prova do slalom em Vancouver

Esquiadora Maya Harrison não completa uma das passagens obrigatórias do slalom gigante e não chega ao fim

AE, Agencia Estado

24 de fevereiro de 2010 | 21h18

A esquiadora brasileira Maya Harrisson não conseguiu completar sua prova de estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver. Nesta quarta-feira, ela não passou por uma das passagens obrigatórias do slalom gigante e acabou não chegando ao fim da primeira descida

 

Dessa forma, a brasileira não teve o seu tempo cronometrado, o que comprometerá o seu resultado final. Maya teve bom desempenho no início, no topo da montanha Cypress, mas perdeu velocidade no decorrer da prova e chegou a ficar mais de cinco segundos atrás das líderes. Ao todo, 18 das 86 atletas que largaram não chegaram ao fim da primeira descida.

A prova deveria ser retomada na tarde desta quarta-feira, mas o mau tempo prejudicou a continuação. A segunda e última fase da disputa acabou sendo transferida para quinta-feira, após ser adiada por quatro vezes.

Ao fim da primeira parte da prova, a brasileira, de apenas 17 anos, admitiu a ansiedade. "Estava um pouco ansiosa para a estreia, isso é normal. Achei a neve boa e o percurso muito bom, apesar de um pouco longo. As condições estão boas para esquiar", afirmou a esquiadora, que não culpou o mau tempo pelo seu desempenho.

"A verdade é que não fui bem. No topo da montanha eu consegui esquiar direito, estava gostando. Mas, na parte mais baixa, não fui bem e perdi uma porta. Não trabalhei direito em uma das transições para chegar bem à porta seguinte. Cheguei mais abaixo do que deveria e acabei perdendo a porta", explicou.

Maya voltará às disputas na sexta-feira para a prova do slalom especial. No dia seguinte será a vez do brasileiro Jhonatan Longhi na mesma categoria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.