Brasileira quebra recorde sul-americano dos 100 m borboleta

Gabriela Silva crava o tempo de 59s79 no Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos, no Pinheiros

Heleni Felippe, O Estado de S. Paulo

12 de março de 2008 | 20h03

A nadadora Gabriela Silva, de 19 anos, comemorou, nesta quarta-feira, a quebra de recorde do continente no Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos, no Pinheiros, em São Paulo. Gabriela foi a primeira mulher da América do Sul a nadar os 100 m borboleta em menos de 1 minuto.Gabriela cravou 59s79 na distância, quebrando um recorde que era dela mesma, com 1min00s47, feito em dezembro de 2007. Também nas eliminatórias desta quarta, o velocista Nicolas Santos estabeleceu novo recorde do campeonato nos 50 m borboleta, com o tempo de 23s95. Nicolas têm índice olímpico, mas nos 50 m livre, prova que nada as eliminatórias na sexta-feira à noite. A final será sábado, pela manhã. O Sul-Americano de Natação prossegue nesta quinta-feira, no Pinheiros, a partir das 9h30.

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoGabriela Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.