Andy Clark/Reuters
Andy Clark/Reuters

Brasileira vacila e fica com prata no pentatlo, mas já garante vaga olímpica

Apesar de prova perfeita no hipismo, Yane Marques acabou superada pela americana Margaux Isaksen

15 de outubro de 2011 | 19h38

A brasileira Yane Marques era a grade favorita ao ouro no pentatlo moderno, até chegou a dominar a prova, mas vacilou no final e acabou ficando com a prata. A norte-americana Margaux Isaksen ultrapassou Yane na última prova, combinada de tiro e corrida, e ficou com o ouro.

A norte-americana até começou em vantagem na esgrima, com 25 vitórias, uma a mais que Yane. A brasileira, porém, não demorou a inverter a situação e assumiu a ponta já nas provas de natação. Com prova perfeita no hipismo, Yane largou com 20 segundos de vantagem sobre Isaksen na prova combinada, mas não conseguiu manter a vantagem e acabou batida por 24s.

A brasileira defendia o ouro na competição, conquistado no Rio, em 2007. Apesar do revés, Yane garantiu vaga na Olimpíada de Londres, em 2012. O chefe da delegação brasileira, Celso Sasaki, lamentou que Yane tenha perdido na esgrima. "Ela perdeu (o ouro) na esgrima. Tinha que começar (a prova seguinte) com uns 50s na frente".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.