Brasileiras com chance na maratona

A natação brasileira terá mais um desafio amanhã, quando Ana Marcela Cunha e Poliana Okimoto disputam a prova dos 10 km da maratona aquática, com chance de conquistar a primeira medalha do Brasil no Campeonato Mundial de Desportos Aquáticos, a partir das 4 horas de Brasília, em Ostia, ao lado de Roma. As atletas terão de superar o mar revolto, consequência de vendaval que no domingo impediu a disputa das provas de 5 km. Os organizadores tiveram de remanejar todas as provas.Ontem, em Roma, Giovanna Stephan participou da final do solo técnico do nado sincronizado. Ficou em 12.º (último) lugar, mas foi a primeira vez que o Brasil teve representante na disputa de medalhas. O ouro ficou com a russa Natalia Ishchenko. Hoje serão realizadas as eliminatórias do combinado.O pólo aquático masculino perdeu para a Croácia na estreia por 11 a 2. Amanhã, enfrenta a China. Hoje o feminino pega a Alemanha às 13h20.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.