Brasileiras deixam a disputa dos trampolim de 3m nas eliminatórias no Mundial

As brasileiras Luana Lira e Juliana Veloso não conseguiram avançar nas eliminatórias no trampolim de 3 metros no Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Kazan, na Rússia. Elas não ficaram entre as 18 primeiras colocadas em um total de 47 competidoras e deixaram precocemente a disputa.

Estadão Conteúdo

31 de julho de 2015 | 11h53

Luana Lira, de apenas 19 anos, foi quem ficou mais perto da classificação ao terminar a disputa em 28º lugar, com 255,05 pontos. A brasileira figurou na zona de classificação para as semifinais após o quarto e o quinto saltos. Mas ela foi mal na última apresentação e despencou na classificação, sendo eliminada.

Já a experiente Juliana Veloso, de 34 anos, teve desempenho decepcionante, terminando a disputa na 43ª colocação, com 213,75 pontos. Assim, ele fez 80,55 pontos do que na sua participação nos Jogos Pan-Americanos de Toronto.

A chinesa Zi He teve o melhor desempenho das eliminatórias do trampolim de 3 metros, com 376,00 pontos, à frente da compatriota Tingmao Shi. Nas semifinais, então, elas "inverteram" as posições, com Shi sendo a melhor, com 381,90 pontos.

Os brasileiros voltam a competir no saltos ornamentais em Kazan neste sábado, quando Jackson Rondinelli e Isaac Souza vão participar das eliminatórias da plataforma de 10 metros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.