Brasileiras perdem e ficam em 10.º no pólo aquático

A seleção brasileira feminina de pólo aquático encerrou sua participação no 12.º Mundial de Esportes Aquáticos na 10.ª colocação. No último jogo das brasileiras, a equipe não jogou bem e foi derrotada pela Holanda por 11 a 2.Os gols brasileiros foram da capitã Flavia Fernandes e de Luiza Carvalho. Já a artilheira do jogo, com quatro gols, foi a holandesa Danielle de Bruijn, irmã da nadadora e ainda recordista mundial dos 50 m livre, Inge de Bruijn, que se aposentou recentemente. A posição fez o Brasil subir três colocações em relação ao Mundial passado, em Montreal/2005. Naquela competição, o Brasil também enfrentou as holandesas, no jogo de estréia, e perdeu por um gol (7 a 6). Na ocasião, a Holanda acabou na 10.ª colocação. A campanha brasileira em Melbourne foi de duas vitórias (13 x 2 em Porto Rico e 14 x 7 na Nova Zelândia) e quatro derrotas (3 x 6 para o Canadá, 3 x 11 para a Austrália, 9 x 13 para a Espanha e 11 a 2 para a Holanda).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.