Brasileiras terminam em 10.º na final do nado sincronizado

A equipe brasileira de nado sincronizado fez uma apresentação que rendeu 89,000 pontos e a 10.ª posição na final da categoria, na madrugada desta quarta-feira feira, no 12.º Mundial de Esportes Aquáticos, realizado em Melbourne, Austrália.A campeã foi a Rússia - com 99,000 pontos - país que domina o esporte já há duas Olimpíadas e quatro Mundiais, contando com este. O pódio foi completado por Japão (97,833 pontos) e Espanha (97,167). Os Estados Unidos e o Canadá, rivais pan-americanos, acabaram na 5.ª e 6.ª colocações, respectivamente, com 95,833 e 94,667 pontos."Chegamos na França, para quem sempre perdíamos. Ficamos na frente delas no Aberto de Roma 2006, mas perdemos logo após, na Copa do Mundo. Agora, uma nova vitória, com a presença de todas as grandes equipes. Mas temos que ganhá-las mais umas três vezes, inclusive aqui na final da equipe livre, para consolidar isto e pensarmos em nosso próximo degrau", reconheceu Mônica Rosas, supervisora da delegação brasileira de nado sincronizado. "A França estava engasgada. Foi muito bom vencê-las. Estou superfeliz e me emocionei logo após sair da piscina", Beatriz Feres. Além dela, o Brasil se apresentou com Branca Feres, Gláucia Heier, Caroline Hildebrandt, Lara Teixeira, Nayara Figueira, Michelle Frota e Giovana Stephan.Brasileiras na final do dueto livreAs brasileiras Lara Teixeira e Caroline Hildebrandt se classificaram para a final da prova de dueto livre de nado sincronizado com o 12.º lugar na eliminatória. O duo brasileiro ficou com 89.000 pontos. O primeiro lugar foi das favoritas russas Anastasia Davydova e Anastasia Ermakova, com 98,833. As eliminatórias foram disputadas por 36 duetos, e classificaram os 12 primeiros colocados. A final será nesta sexta-feira, reunindo também os duos da Espanha, Japão, China, Estados Unidos, Canadá, Itália, Ucrânia, Grécia, Holanda e Suíça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.