Brasileiras vão disputar o bronze no pólo aquático

Meninas jogam bem contra o Canadá, mas perdem por 6 a 5 e agora vão enfrentar a seleção cubana

Vinícius Saponara, O Estadao de S.Paulo

21 de julho de 2007 | 00h00

Quase deu zebra na semifinal do pólo aquático feminino dos Jogos Pan-Americanos. Por pouco, a seleção brasileira foi derrotada pelas favoritas canadenses, por 6 a 5, no início da noite de ontem, no Parque Aquático Júlio Delamare. Agora, brigará pela medalha de bronze com Cuba.O jogo será hoje, a partir das 16h30. Na decisão, às 18 horas, as canadenses enfrentarão os Estados Unidos, atuais campeões mundiais, que humilharam as cubanas na outra semifinal, por 16 a 3.Com o apoio da torcida, que praticamente lotou as arquibancadas do local, as brasileiras endureceram no primeiro quarto e conseguiram o empate por 1 a 1, com gol da capitã Flávia Fernandes. No período seguinte, as canadenses foram mais eficientes tanto no ataque quanto na defesa e abriram 4 a 1 no placar.Após o intervalo e a troca de lado, a equipe do Brasil esboçou uma reação e conseguiu furar o forte bloqueio adversário.Com a ajuda de um pênalti no final, as brasileiras terminaram o terceiro quarto com uma desvantagem menor - 6 a 4 para o Canadá. Luíza Carvalho, duas vezes, e Flávia Fernandes fizeram os gols. No último período, o Brasil conseguiu diminuir para 6 a 5, com um gol de Fernanda Lissoni, a 1min42s do fim. A seleção brasileira teve tempo de empatar, mas acertou duas bolas na trave.Na decisão do 5.° lugar, a seleção de Porto Rico derrotou a Venezuela por 13 a 7. Na fase de classificação, as porto-riquenhas haviam batido as venezuelanas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.