Brasileiras vencem e vão disputar 9º lugar no polo aquático em Kazan

Se na Liga Mundial e nos Jogos Pan-Americanos o desempenho da seleção masculina de polo aquático foi muito superior ao da feminina, no Mundial as mulheres vêm fazendo um papel semelhante ao dos homens. Nesta segunda-feira, em Kazan (Rússia), elas venceram o primeiro jogo do Torneio de Consolação e vão disputar o nono lugar contra a Hungria.

Estadão Conteúdo

03 de agosto de 2015 | 11h04

Artilheira da equipe na competição, a jovem Izabella Chiappini fez três gols na vitória por 10 a 5 sobre o Casaquistão. Melani Dias marcou dois, enquanto outras cinco jogadoras anotaram um gol cada.

Em Kazan, a seleção feminina do Brasil foi goleada pelos EUA (13 a 2) e pela Itália (15 a 6), mas venceu o Japão (11 a 8) para avançar à fase eliminatória. Ali, perdeu de 10 a 8 para a China.

Com duas vitórias, sobre Casaquistão e Japão, a seleção feminina do Brasil já tem sua melhor campanha em Mundiais. Em 57 partidas até o início da edição de Kazan, somava apenas 11 vitórias, sendo quatro sobre a Nova Zelândia, duas contra África do Sul e Casaquistão e outras duas sobre adversários latinos: Venezuela e Porto Rico. O único triunfo sobre europeias foi sobre a Grã-Bretanha, em 2003. Esse tabu pode ser quebrado contra a Hungria, na quarta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.