Jayne Kamin-Oncea/USA Today Sports
Jayne Kamin-Oncea/USA Today Sports

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Brasileiro Cairo Santos é anunciado pelo Chicago Bears e volta à NFL

Kicker de 26 anos estava sem equipe desde o fim de setembro, quando deixou o Kansas City Chiefs

Estadão Conteúdo

20 Novembro 2017 | 16h50

O brasileiro Cairo Santos está de volta à NFL, a principal liga de futebol americano dos Estados Unidos. Nesta segunda-feira, o kicker de 26 anos, que estava sem equipe desde o fim de setembro, foi anunciado como novo reforço do Chicago Bears para o restante da temporada.

+ Trump pede suspensão a astro da NFL por protesto durante o hino dos EUA

Cairo é o primeiro jogador nascido no Brasil a conseguir espaço na NFL. Ele atuou por três anos com a camisa do Kansas City Chiefs, mas foi dispensado no dia 30 de setembro, após sofrer uma lesão na virilha que o tiraria de ação por boa parte desta temporada.

Apesar da dispensa, Cairo tem ótimos números na carreira pelo Chiefs. São 80 field goals convertidos em 105 tentados ao longo dos três anos com a franquia, sendo que nas três partidas em que atuou nesta temporada, esteve perfeito: três field goals convertidos em três tentados, além de seis extra points marcados em seis tentativas.

O brasileiro foi chamado para exames médicos no Bears na semana passada e assinou contrato nesta segunda-feira. Ele chega para substituir Connor Barth, que errou um field goal de 46 jardas nos últimos segundos da derrota de domingo para o Detroit Lions, que teria levado o jogo para a prorrogação.

O tempo de vínculo não foi divulgado, mas a tendência é que Cairo jogue pelo Bears até o fim da temporada. A equipe está fora da briga pelos playoffs. Por isso, o brasileiro terá seis jogos para mostrar que merece ter o compromisso renovado ou para chamar a atenção de outra franquia da NFL.

Mais conteúdo sobre:
Futebol Americano

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.