Frank Augstein/AP
Frank Augstein/AP

Brasileiro Isaquias Queiroz conquista ouro no Mundial de Canoagem

Atleta conquista título do C1 masculino 500 metros, prova não-olímpica

AE, Agência Estado

01 de setembro de 2013 | 11h45

DUISBURG - O brasileiro Isaquias Queiroz fez história neste fim de semana no Mundial de Canoagem, realizado em Duisburg, na Alemanha. Um dia depois de se tornar o primeiro representante do País a subir ao pódio em Mundiais, ele conquistou neste domingo o título do C1 masculino 500 metros.

No sábado, Isaquias, de apenas 19 anos, faturou a medalha de bronze na final do C1 masculino 1000 metros. E neste domingo ele fez ainda melhor no C1 masculino 500 metros, uma prova que não é olímpica, ao vencê-la com o tempo de 1min50s940. O pódio foi completado pelo usbeque Vadim Menkov, segundo colocado, com 1min51s939, e pelo alemão Erik Leue, que ficou em terceiro lugar, com 1min53s032.

"Estava muito confiante para a prova. Estava com um tempo muito bom e sabia que poderia conquistar o ouro", disse Isaquias que neste ano faturou dois ouros no Campeonato Sul-americano, dois ouros no Festival Olímpico Australiano da Juventude, um ouro e uma prata na Copa do Mundo na Polônia e agora mais um ouro e um bronze no Mundial na Alemanha.

Também neste domingo, Nilvater Santos ficou em quinto lugar na final A do C1 masculino dos 200 metros, com 39s207. A prova foi vencida por Oleksandr Maksymchuk, do Azerbaijão, com 38s462, seguido pelo russo Ivan Shtyl (38s717) e pelo espanhol Alfonso Benavides (39s060).

Erlon Souza e Ronilson Oliveira terminaram na oitava colocação na final A do C2 masculino 200 metros, com 37s799. O ouro ficou com a dupla alemã, Robert Nuck e Stefan Holtz, com 36s331, que ficaram à frente dos russos Alexander Kovalenko e Nikolay Lipkin, com 36s551, e dos bielo-russos Dzmitry Rabchanka e Aliaksandr Vauchetski, que marcaram 36s654.

Já o brasileiro Celso Oliveira disputou a prova de longa distância do K1 Masculino 5000 metros e terminou na oitava colocação, com o tempo de 20min20s291. O vencedor da prova foi o australiano Ken Wallace (19min44s059), à frente do argentino Daniel Dal Bo (19min46s138) e do britânico Edward Rutherford (19min47s277).

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.