Brasileiro Paulo Orlando estreia com vitória na MLB

Jogador do campo externo consegue uma rebatida tripla e um walk

RAFAEL PEZZO, Estadão Conteúdo

09 de abril de 2015 | 19h13

Paulo Orlando, do Kansas City Royals, fez história nesta quinta-feira ao se tornar o terceiro brasileiro a jogar pela Major League Baseball. Atuando em casa, o atual vice-campeão da liga recebeu o Chicago White Sox, time do coração de Barack Obama, e ganhou por 4 a 1.

Depois de ser reserva não utilizado nos jogos de segunda e quarta, Orlando foi relacionado entre os titulares desta tarde. A primeira oportunidade no bastão do brasileiro foi apenas na terceira entrada, quando recebeu um Walk e não precisou rebater para ir para a primeira base.

A segunda aparição foi na quinta entrada, quando conseguiu uma rebatida tripla, levando o Kauffman Stadium e seus companheiros de clube, ao delírio. O catcher Salvador Peres e o primeira base Eric Hosmer guardaram a bolinha da primeira rebatida da carreira de Paulo Orlando.

Apesar do bom contato, o jogador do campo externo não foi impulsionado para completar um corrida. Omar Infante, Alcides Escobar e Mike Moustakas foram eliminados após rebaterem bolas altas. O estreante da tarde ainda voltou duas vezes ao ataque dos Royals, mas em ambas foi tirado do jogo por rebatidas rasteiras.

Escolhido para a entrevista após o jogo, o brasileiro recebeu umtradicional banho de isotônicos dos companheiros. Passado o susto, falouemocionado sobre a estreia. "Agradeço a Deus por essa oportunidade etambém aos fãs de Kansas City que me receberam tão bem. Isto é pelaminha esposa e pela minha filha. Só gostaria de agradecer a todos quevieram, e trabalhar duro para ajudar o time a chegar aos playoffs."

Segundo o técnico dos Royals, Ned Yost, Paulo Orlando terá chances constantes entre os titulares, já que o dono na posição no campo externo esquerdo, Alex Gordon, volta de uma cirurgia no punho realizada em dezembro de 2014. O Kansas City inicia uma série de seis partidas fora de casa nesta sexta.

Tudo o que sabemos sobre:
beisebolMLBPaulo Orlando

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.