Brasileiro tenta brilhar na terra de Robin Hood

Daniel Xavier vai ser o 1º atleta do País a entrar em ação em prova individual e tem confiança em ficar entre os 15 primeiros

O Estado de S.Paulo

24 de julho de 2012 | 03h04

Daniel Xavier será o primeiro brasileiro a entrar em ação em uma competição individual nos Jogos de Londres. O atleta do tiro com arco está otimista em relação à sua participação na Olimpíada e sabe que a pressão estará sobre os donos da casa, os britânicos. Até por isso o Comitê Olímpico Brasileiro está fazendo uma preparação psicológico com ele e outros esportista já visando aos Jogos de 2016, no Rio de Janeiro.

Quando entrar em ação, Daniel terá de mostrar serviço em duas rodadas de 36 flechas, que servem como classificação para a fase seguinte. Aí, os 64 atletas competem novamente, mas em disputas eliminatórias, e assim vai até o final. A inspiração no lendário arqueiro Robin Hood, é inevitável. Mas o rapaz avisa que quer transformar a ficção em realidade e acertar bem no meio do alvo.

"É uma honra ser o primeiro brasileiro a competir individualmente'', diz Daniel, que vai estreiar na competição na sexta-feira. "Estou concentrado no treinamento e na disputa, e espero ir bem. Acertar no meio do alvo dá um grande prazer.''

Daniel tem como objetivo chegar entre os 15 primeiros e aponta como favorito ao ouro o americano Brady Ellison. Mas alerta que não se pode descartar os sul-coreanos e que a pressão sobre os ingleses será grande.

O arqueiro vem de bons resultados internacionais, o que o anima. "Eu fiquei em nono lugar no individual na Copa do Mundo, que foi realizada nos Estados Unidos, e no Pré-Olímpico conquistei quatro medalhas. Isso tudo me deixa otimista, mas gosto de subir um degrau por vez.''/ P.F.

TIRO COM ARCO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.