Brasileiro termina em 15.º lugar na maratona aquática

O Brasil não teve um bom desempenho, nesta terça-feira, na prova masculina dos 5 quilômetros do Mundial de Maratonas Aquáticas, disputado na cidade de Roberval, no Canadá. O gaúcho Samuel de Bona, de 19 anos, foi o melhor do País na disputa ao chegar na 15.ª colocação, com o tempo de 58min01s980, em sua estreia em Mundiais da Fina (Federação Internacional de Natação).

AE, Agência Estado

20 de julho de 2010 | 17h43

"Senti muito o ritmo no início e fiquei muito pra trás. Mas consegui me recuperar aos poucos e só não foi melhor por ter ficado encaixotado em alguns momentos. Para primeiro Mundial está bom", resumiu Samuel, que passou a primeira volta em 18.º lugar.

Décimo colocado na prova dos 10 quilômetros, realizada no último domingo, o baiano Allan do Carmo não teve um bom rendimento nesta terça e ficou apenas em 19.º lugar, com a marca de 58min03s580. Na primeira metade da disputa, Allan estava na 14.ª posição, mas caiu de produção e teve que se contentar com sua colocação final.

"A prova teve um ritmo forte o tempo inteiro e agora na reta final estava tudo embolado, levei uma pancada nos óculos, entrou água e não vi mais nada. Ia pra direita, tocava em alguém, ia pra esquerda, subia na perna de outro", contou Allan.

O vencedor foi o alemão Thomas Lurz (57min42s630), medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. O russo Evgeny Drattsev e o norte-americano Francis Crippen completaram o pódio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.