Gregory Bull/AP
Gregory Bull/AP

Brasileiro vence atleta do hall da fama e é ouro no boliche do Pan

Marcelo Suartz é o primeiro brasileiro campeão do torneio

Estadão Conteúdo

25 de julho de 2015 | 18h29

O Brasil conquistou neste sábado aquele que provavelmente é o seu melhor resultado de todos os tempos no boliche. Bronze em Guadalajara, em 2011, Marcelo Suartz, de 27 anos, faturou o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto na competição individual. Esta é a primeira vez que um brasileiro sobe ao lugar mais alto do pódio nesta modalidade.

No Pan, o boliche é disputado no formato de 10 pinos, aquele que tradicionalmente é jogado nas pistas amadoras do País. Marcelo também havia participado da competição em duplas, junto com Charles Robini, mas eles ficaram em nono.

Na competição individual, o brasileiro ganhou de alguns dos melhores do mundo. Na fase de classificação, deixou para trás Tommy Jones, dono de 16 títulos do PBA Tour, principal circuito profissional.

O título, entretanto, foi conquistado em final contra o venezuelano Amleto Monacelli, de 53, um dos melhores jogadores de boliche de todos os tempos. O veterano é membro do hall da fama do beisebol e já ganhou 19 títulos do PBA Tour. Na carreira, já ganhou US$ 2,343 milhões em premiações. Dinheiro que pouquíssimos outros atletas que estiveram no Pan um dia vão ganhar com o esporte.

O boliche, vale sempre levar, não é uma modalidade olímpica. Mas isso pode mudar logo. Afinal, está entre os oito esportes que continuam na briga para entrar no programa dos Jogos de Tóquio, em 2020. Também estão na disputa caratê, beisebol, softbol, boliche, squash e patinação, modalidades que são disputadas no Pan, além de surfe (entra na próxima edição, em Lima, além de escalada e wushu (uma arte marcial que no Brasil é mais conhecida por kung-fu).

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-Americanosboliche

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.