CBDA/Divulgação
CBDA/Divulgação

Brasileiros erram e ficam em último no trampolim de 3 metros misto do Mundial

Saltando com Ian Mattos, Tammy Galera não pula na piscina e dupla zera a pontuação no primeiro salto

Estadão Conteúdo

22 de julho de 2017 | 11h14

Os brasileiros Ian Matos e Tammy Galera decepcionaram neste sábado e ficaram na última colocação do trampolim de 3 metros sincronizado misto dos saltos ornamentais no Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo disputado em Budapeste, na Hungria.

No primeiro de seus cinco saltos, a dupla cometeu um enorme vacilo e liquidou qualquer chance de fazer uma boa disputa: Tammy Galera não saiu do trampolim e, assim, os brasileiros zeraram a pontuação. Com um salto a menos, eles até seguiram adiante, mas somaram apenas 184,74 pontos e acabaram na 14ª colocação entre 14 equipes.

A medalha de ouro ficou com os chineses Zheng Li e Wang Han, que somaram 323,70 pontos e venceram com relativa tranquilidade. A dupla britânica foi prata ao somar 308,04 pontos, enquanto os canadenses ficaram em terceiro com 297,72.

Essa foi a última participação brasileira nos saltos ornamentais no Mundial. Mesmo com o erro cometido neste sábado, Tammy Galera obteve o melhor resultado do País na competição, ao ser a 12ª no trampolim de 3 metros sincronizado feminino, ao lado de Luana Lira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.