Brasileiros exaltam 'marco' com título no vôlei de praia

Em casa, diante de 2.500 pessoas na arena montada no Parque Villa-Lobos, Bruno Schmidt e Pedro Solberg garantiram neste domingo o título do Grand Slam de São Paulo do Circuito Mundial de vôlei de praia. Eles bateram na decisão os norte-americanos Phil Dalhausser e Casey Jennings e admitiram que o troféu levantado no próprio País ficará como um marco na carreira de ambos.

AE, Agência Estado

13 de outubro de 2013 | 14h44

"É um sonho vencer aqui no Brasil, um marco na minha carreira. Derrotamos dois grandes jogadores numa final histórica. Sabíamos que, se deixássemos eles gostarem do jogo um pouco que fosse, teríamos grandes dificuldades. Foi um jogaço, e o Pedro, mais uma vez, foi sensacional, assim como na semifinal. Estamos de parabéns. O ano tem sido maravilhoso", disse Bruno Schmidt.

A vitória veio em três sets, com parciais de 23/21, 21/19 e 15/13. Para Pedro Solberg o título ainda teve um sabor diferente, já que o brasileiro tem uma relação estreita com um dos derrotados na decisão, Casey Jennings, com quem formou dupla no AVP (Circuito Profissional Americano) na temporada 2011.

"Ganhei do meu melhor amigo no circuito, que é o Jennings, mas ao lado do meu outro grande amigo, que é o Bruno, muito mais do que um parceiro. Amigos, amigos, negócios à parte, mas sempre com respeito. Eles não sofriam a pressão que a gente sofria, pois estamos na luta por um título muito importante na temporada. Mas time grande tem que saber jogar pressionado. É um dia especial pra mim. Estou muito feliz de ganhar dentro de casa de novo", comentou Solberg.

FEMININO - Na chave feminina, as norte-americanas Kerri Walsh e April Ross ficaram com o título. Elas derrotaram na decisão, também neste domingo, as alemãs Laura Ludwig e Kira Walkenhorst, por 2 a 1, de virada, parciais de 19/21, 31/29 e 15/12.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.